Guff: uma banda contadora de histórias

A banda Guff nasceu lá nas margens da Barra do Ribeiro, uma pequena cidade rodeada por uma lagoa ao sul do sul do Brasil. Foi da mente criativa do cantor e guitarrista, Beto Silva, que saíram as primeiras faíscas da banda e vieram as canções que retratavam amores, cotidianos e contradições. Hoje, já baseados em Porto Alegre, os caras se preparam para lançar seu primeiro CD, gravado na Marquise 51 Records.

O álbum de estreia já traz uma Guff mais madura, aventurada pelos quilômetros rodados com a música e com um balaio de histórias para contar. Os relatos selvagens das novas canções são o diferencial deste trabalho, que somou o clássico pop rock já executado pela banda à contação de causos fantásticos, dando camadas de drama, comédia e mistério às músicas.

Este conceito começou a nascer com o single “Cada Pedacinho”, um presente do compositor Santiago Neto para a Guff. A música de ritmo marcante e riff poderoso conta a saga tragicômica de um apaixonado obsessivo e sua amada vítima.

“Nós temos muitas histórias pra contar, por isso o disco vem recheado de personagens, cada um com um caso específico, mas se colocados lado a lado, dependendo de como o ouvinte interpreta, podem completar-se criando uma única e louca narrativa que mistura tudo, desde pessoas desaparecidas, um casal em crise, ou um velho triste esperando uma visita” adianta Beto Silva.

O processo de gravação do disco foi intenso. São 9 canções novas gravadas na Marquise 51 Records. “Cada Pedacinho”, produzida por Lucas Hanke, e as demais músicas produzidas por Beto Silva e Eduardo Yugueros. A banda acompanhou cada detalhe deste momento. Com o quebra-cabeça do primeiro álbum quase montado, as borboletas no estômago começam a surgir.

“É uma mescla de alegria, satisfação, ansiedade, expectativa, tudo junto e mais um pouco, estamos felizes com todas as canções do disco e esperamos que o pessoal que vem acompanhando a banda tenha uma boa receptividade com as músicas”, fala o cantor.

Guff foto HD

O cantor e guitarrista fala da responsabilidade e da pressão que pairam sob o lançamento de um primeiro disco de uma banda independente.

“Compor muito, escolher uma estúdio e um selo sérios, fazer uma boa pré-produção, ter uma ideia clara do disco que você quer fazer e contar com pessoas que te mostrem o caminho certo a percorrer são fatores importantes para o sucesso de um disco. Encontramos isso nesta parceria com a Marquise e estamos muito felizes com o que vamos lançar”, comenta Beto.

Entre tantas histórias contadas, nos próximos meses a banda viverá um dos momentos mais importantes da sua própria. E se contarmos pelos personagens, causos, timbres e acordes deste primeiro disco, a banda só está no início desta caminhada.

Save the date: Julho de 2015, lançamento do primeiro álbum da Guff.

Enquanto o disco não sai dá o play no single “Cada Pedacinho”

Confere o clipe de “Contradições”

Guff é

Beto Silva – Vocal/Guitarra
Kati Porto – Bateria
Hector Vinícius – Baixo
Felipe Pacheco – Guitarra

Sua opinião

Comentários