Um carnaval proibido que virou música

ENTRUDO – os três dias que precedem a quaresma

André Neto, da banda Lítera, e Rodrigo Pareja, da banda Yustedes, combinaram suas inquietações artísticas para subverter em versões ácidas três clássicos de Benito di Paula, Sérgio Sampaio e Gonzaguinha.

Os dois vocalistas criaram o projeto Limão Decheiro e lançaram hoje o EP “ENTRUDO – OS TRÊS DIAS QUE PRECEDEM A QUARESMA”. O nome do projeto faz alusão ao Limão-De-Cheiro, lembra sabor, frescor, e logo depois acidez. O título do EP dói no ouvido, confunde a cabeça na hora de ler. E são exatamente esses os sentimentos que as músicas despertam.

André Neto e Rodrigo Pareja | Foto por Martina Mombelli

Nas versões, cada entonação de frase, de palavra, parece ter sido estrategicamente pensada. Os clássicos viraram dramas, ironias, perturbações. São impecavelmente interpretadas por ambos os cantores, que ressignificaram as canções.

As letras de argumento histórico do cotidiano poético do Brasil, retratam um momento que deveria ser alegre, como se propõe o carnaval, mas que não consegue ser pleno. Fica o recado: qualquer semelhança com a realidade atual (não) é mera coincidência.

Para ouvir:


Para saber mais do projetohttps://www.facebook.com/limaodecheiro

Sua opinião

Comentários